Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Helena Rosa - Cabelereira-Monchique, em 08.04.15

QUADRAS SOLTAS

Eu gostava de aprender

Mas é esta a minha sina

Trago comigo a esperança

O sonho vem de menina

 

O sonho não tem cor

Esse teu pensamento

Trazes nas azas do vento

A alma de sonhador

 

Diz que quem ama confia

Um provérbio popular

Encerra alguma magia

Pertence ao verbo amar   

 

Alegria e tristeza

Tudo por mim tem passado

Se muito me tenho rido

Muito mais tenho chorado

 

Libelinha voa

Nunca pares de voar

Leva contigo a esperança

De quem não para de sonhar

 

O sonhador é feliz

O trovador é cantor

È o sábio quem o diz

Ambos falam de paz e amor

 

Minha querida fonte santa

Que já estas tão velhinha

Mas és tão querida e tão bela

Que ainda és rainha

 

Os olhos que eu amava

Eram os teus sorrateiros

Aqueles que me enganavam

Esses são os verdadeiros

 

A oliveira da serra

Dá-lhe o vento abana a rama

È no sitio mais escuro

Onde eu faço a minha cama   

 

 

10,7,2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:36




Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ